Um mapa mostrando os países mais perigosos do mundo para turistas

mapa de países perigosos
Nos últimos tempos, pudemos ver como o terrorismo O jihadista atingiu fortemente o centro turístico de países da Europa, Ásia e norte da África. Seu objetivo é claro: espalhar o pânico, demonstrar sua força e mostrar que os países que consideram inimigos são vulneráveis. O problema é que, massacre após massacre, eles estão tendo sucesso. De fato, muitas pessoas levam em consideração o terrorismo ao planejar férias.

Para facilitar a todos os turistas que colocam a segurança antes de mais nada, o jornal The Independent publicou um mapa elaborado pela empresa CartoDB em que, com base nas recomendações do Ministério Britânico das Relações Exteriores, mostra os países que são inseguros em todo o território (em vermelho), aqueles que são inseguros em algumas partes (em laranja) e aqueles que são seguro (em verde). O que queremos fazer hoje é falar sobre todos esses países que é melhor evitar durante as férias. Você se juntará a nós?

Tunísia

Tunísia
O mapa desaconselha as viagens à Tunísia, que sofreu várias ataques terroristas. Um dos eventos mais graves ocorreu em junho de 2015, quando um terrorista matou 39 pessoas em dois hotéis costeiros.


Líbia

Líbia
Eles também não recomendam viajar para a Líbia, um país seriamente afetado pela violência, terrorismo e deterioração da segurança. De fato, houve assaltos à mão armada e assassinatos de estrangeiros.

Mauritânia

Mauritânia
Outro país que é melhor evitar de acordo com este mapa é a Mauritânia, que vive sob a ameaça terrorista.

Mali

Mali
Devido à intervenção militar em curso e à frágil situação política e de segurança, as viagens ao Mali também são desencorajadas, pois há um alto risco de seqüestro e ameaças terroristas em todo o país.


Burkina faso

Burkina faso
Outro país que aparece em vermelho no mapa é Burkina Faso, que atravessa uma volátil situação de segurança.

Níger

Níger
Ainda estamos na África para falar sobre a República do Níger, que é afetada pelas mesmas condições de insegurança que o restante dos países do Sahel.

Chade

Chade
Viajar para o Chade também é desencorajado, onde há um risco muito sério de sequestros em todo o país.


República Centro-Africano

República Centro-Africano
Por outro lado, a transição política que a República Centro-Africana passou nos últimos três anos foi marcada por um alto nível de violência e uma grande crise humanitária.

Sudão do Sul

Sudão do Sul
Outro país africano da lista é a República do Sudão do Sul. De fato, todo o território é considerado uma área de alto risco, principalmente desde o início do conflito civil em dezembro de 2014.

Somália

Somália
A Somália também aparece em vermelho, entre outras coisas, porque neste país existe um alto risco de ocorrer seqüestros em todo o território.

Burundi

Burundi
Viajar para o Burundi, onde atos de violência extrema ocorreram em certas áreas, também é desencorajado.

Síria

Síria
Já na Ásia, eles recomendam que não viajemos para a Síria, que, como você sabe, está em uma situação de conflito armado.

Iraque

Iraque
O Iraque é outro dos países da Ásia que aparece em vermelho no mapa, algo que não é surpreendente se considerarmos que o território está seriamente deteriorado por atividades terroristas e seqüestros.

Iêmen

Iêmen
Também devemos falar sobre o Iêmen, onde nos últimos tempos houve uma escalada de violência e onde confrontos armados e ataques militares estão ocorrendo em grandes áreas do país.

Afeganistão

Afeganistão
Finalmente, temos que falar sobre o Afeganistão, um país onde eles podem ocorrer alterações de ordem pública. Além disso, existe um alto risco de ataques e seqüestros.

Jaraguá do Sul é a cidade mais segura do Brasil (Outubro 2021)


  • mapas
  • 1,230